| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Ecoturismo Mercosul
Desde: 07/07/2003      Publicadas: 46      Atualização: 08/03/2005

Capa |  Ecoturismo  |  Notas do Turismo  |  Turismo Místico


 Notas do Turismo

  03/03/2005
  0 comentário(s)


Turista reclama dos serviços turísticos em Foz

Decidi publicar esta carta de uma turista que mostra que nem tudo em Foz são flores. Apesar dos jornais só darem destaques aos números crecentes de turistas. Se não cuidarmos, quanto mais turistas vierem a Foz, mais decepcionados ficam. Reservo-me o direito de dizer como consegui a carta.

Veja na íntegra a carta que a senhora Hermínia Maria Rebelo enviou às autopridades de turismo em Foz do Iguaçu:


Nos dias 04 a 07 /09/2004, fomos a Foz do Iguaçu como turistas para passear e descansar. Continua sendo um passeio bonito, mas deixou há muito de ser um passeio barato.


* Fomos ver a Itaipu à noite, o ingresso foi R$ 6.00 por pessoa, estava muito cheio; como de se esperar pelo feriadão. A programação, marcada para às 20h30 teve um atraso, cerca de 10 min, mas estava uma noite agradável e não foi tão cansativo assim. Tenho pena de o programa não incluir passeio sobre a barragem.



* Fomos ao Parque das Aves. O ingresso custou R$ 16.00 por pessoa, a que achei muito caro, mas como se trata de uma empresa particular con fins lucrativos e sem subsídioi do governo, acabei por engolir o preço, pois mesmo com o movimento, o atendimento foi rápido e o passeio continua muito agradável. Ainda o acho indispensável em Foz. Só tenho pena dos estrangeiros que pagam US$ 8.00 por ele (aliás não consigo entender por que o preço em dólares, se a moeda do Brasil é o Real).



* Fomos ver as Cataratas. Pagamos R$ 12.00 por pessoa, imaginop que a construção das Cataratas do Iguaçu tenha custado muito mais que a Itaipu e este investimento divino tenha ainda que ser pago. Após esperarmos 60 min pelo ônibus fomos para as Cataratas. No caminho nos foram apresentados todos todas as opções de passeio, que é claro, mnão estavam inclusas no preço do ingresso, aliás, em nenhum momento nos foi dito o que extamente estava incluso no preço do ingresso. Finalmente após as paradas opcionais (não inclusas no preço do ingresso), chegamos finalmente nas passarelças que dão vista para as cataratas.



* As cataratas co9ntinuam lindas, mas o mesmo não se pode dizer das passarelas, só consigo concluir que para manter as cataratas não se gasta dinheiro (então assim estão), mas para manter, construir ou conservar as passarelas bonitas, funcionais, ou ou com mais opções, também não está incluso no preço do ingresso.



* Após a caminhada fomos ao espaço Naipi, pensamos sentar beliscar alguma coisa, após 40 min conseguimos pagar R$ 2.50 por cada lata de refrigerante(talvez fosse sorte não de não estar em dólar). Sentamo-nos, bebemos o refrigerante que a esta altura ja desceu atravessando devido à irritação e só tivemos que esperar mais 40 min pelo transporte aré a saída do parque. Com o estacionamento já pago, fomo-nos embora e dioante da indignação pelo péssimo atendimento esquecemos-nos de como as catataratas do Iguaçu deixaram de ser um passeio agradável e imperdível no Paraná.



Parabéns pelo primor de trabalho que vocês tiveram para conseguir estragar essa maravilha da natureza. Antes ela pertencesse a outra cidade, estado ou país. Na minha próxima viagem a Foz vou fazer questão de visitar as Cataratas apenas pela Argentina, graças à vossa atenção.



Nota de editor: a carta está na íntegra e se preservou a maneira como foi escrita. A carta foi enviada a Secretaria de Turismo que a repassou ao Conselho Municipal de Turismo e outras entidades. Rogamos aos leitores que enviem materioal semelhante referente às queixas de turistas ofendidos pelo péssimo atendimento em Foz. Foz tem jeito!



  Mais notícias da seção PITI no caderno Notas do Turismo
29/07/2003 - PITI - Foz do Iguaçu: uma rica cidade pobre
Os números da pobreza de Foz. Como o turismo pode mudar esta realidade? ...
27/07/2003 - PITI - Em plena temporada
Notas do Turismo de Jackson Lima, on line...
19/07/2003 - PITI - Niagara é modelo para as Cataratas do Iguaçu
As notas de hoje abre discussão sobre o vaoir real das Cataratas e por que Niagara não deve ser modelo para as Cataratas do Iguaçu quer do lado brasileiro ou argentino. Niagara Falls estão destruidas como ambiente natural. Confira foto. Fonte dewydecimal.com.ca ...



Capa |  Ecoturismo  |  Notas do Turismo  |  Turismo Místico
Busca em

  
46 Notícias